Como criar um planejamento diário conforme os ciclos naturais do corpo humano?

março 4, 2022

Quando estamos procurando mais organização e produtividade no nosso dia a dia, é muito importante considerar nossas particularidades. No entanto, algo que é comum para todos e pode ser um grande aliado na hora de planejarmos nossas tarefas diárias são os ciclos naturais do corpo humano.

Inspirada nos estudos do livro Mude seus horários, mude sua vida e em todos os seus ensinamentos valiosos, preparei esse conteúdo para compartilhar com vocês! Quer saber um pouco mais como a natureza pode influenciar na nossa vida? Então confira este conteúdo!

Ciclos naturais: como a natureza influencia o corpo humano?

Para que a gente possa construir um planejamento diário, é interessante ficarmos atentos aos ciclos naturais da nossa produtividade.

Mesmo se você não notou, já deve ter sentindo como a natureza influencia no seu corpo. Reflete comigo, em qual estação do ano você costuma sentir mais fome? E mais tristeza?

Para a maioria das pessoas, esses fenômenos acontecem no inverno. O primeiro pelo gasto calórico para aquecer o corpo e o segundo pela baixa incidência de luz solar.

E para as mulheres, quem aí nunca sentiu que a TPM é mais forte no verão? Isso tudo é a influência da natureza no nosso corpo.

Afinal de contas, nosso corpo é formado por milhões de células, que sofrem ação direta do ambiente. Seja através da temperatura, clima, iluminação, atmosfera, etc.

Segundo a empresa farmacêutica EMS, as principais influências da natureza, no corpo humano, comprovadas pela ciência são:

 

  • a água do mar tem poder cicatrizante;
  • banhos de águas termais rejuvenescem e aliviam dores no corpo;
  • sentimos mais disposição em dias ensolarados;
  • sentimos menos fome no verão e mais fome no inverno;
  • sintomas da TPM são mais intensos no calor.

Vale ressaltar que o corpo e a mente humana estão diretamente conectados e o que sentimos fisicamente, gera reflexos diretos no nosso humor, disposição e na produtividade também.

Mas quais ciclos são esses e qual a origem desses estudos?

A  cronobiologia é o estudo do modo como o tempo afeta a fisiologia de diversas formas. Os fisiologistas fizeram diversas pesquisas sobre o relógio biológico e apontam caminhos para criarmos um cronograma de atividades diárias que nos mantenha saudáveis e cheios de energia: o ciclo circadiano.

Já a ayurveda, uma filosofia médica oriental desenvolvida na Índia há milhares de anos, propõe como ideal ter consciência diária da mente, do corpo e das circunstâncias mutáveis. Eles ensinam que é preciso saber qual cronograma das atividades diárias funciona a favor de sua fisiologia e não contra ela.

É importante observar que esses ensinamentos põem o corpo no centro de um ciclo diário, algo que os especialistas em cronobiologia confirmam a cada novo estudo que publicam como o mais efetivo e saudável.

Além desses, também existem ciclos naturais que podem influenciar, como por exemplo o da lua e os ciclos menstruais para as mulheres.

Sendo assim, é muito importante que você conheça como eles podem interferir no seu dia a dia e na sua produtividade, para que assim você possa compreender melhor como utilizá-los ao seu favor.

Como o seu corpo sabe as horas

Você deve estar se perguntando “mas afinal, como nosso corpo sofre influência sobre a natureza e seus ciclos?” 

Dentro de nós, há um tipo de relógio que controla todas as células e sistemas e regula todos os sistemas do organismo. O grande responsável por isso é o hipotálamo: uma espécie de “fiscal” do horário.

Ele fica no centro do cérebro e consegue identificar os sinais do corpo para tentar manter o funcionamento saudável. Ele lhe diz quando você está com fome ou com sede, quando está com sono ou entendiado, cansado ou disposto.

Além disso, ele também controla tudo aquilo que não conseguimos controlar de maneira consciente. Como, por exemplo, temperatura corporal, metabolismo e equilíbrio hormonal. Todas as mudanças nesses parâmetros acontecem em horas previsíveis do dia.

Para isso, ele identifica os sinais externos, através dos órgãos e tecidos do corpo. Sendo a luz aquilo que ele consegue melhor controlar.

Dessa forma, quando a claridade atinge nossa retina do olho, o nosso corpo entende que está de dia e devemos estar acordados.

Por isso, é importante notar a influência da luz, dos horários e dos nossos hábitos no nosso corpo. Por exemplo, é indicado que algumas horas antes de dormir devemos apagar as luzes e aparelhos que geram luminosidade, para que assim possamos dormir profundamente.

Vale ressaltar que o hipotálamo e a análise que ele faz da luminosidade é apenas um exemplo de como o corpo consegue identificar a hora do dia.

O que é o ciclo circadiano e como funciona? 

O ciclo circadiano apresenta como é o funcionamento do corpo em cada momento do dia. Por exemplo:

  • a temperatura do corpo é mais alta ao anoitecer, depois cai durante a noite e chega ao ponto mais baixo pouco antes da aurora;
  • a pressão arterial tem um aumento súbito quando acordamos pela manhã e depois vai aumentando aos poucos no decorrer do dia para cair durante a noite;
  • o nível de cortisol, ou “hormônio do estresse”, também muda em horas previsíveis, chega ao nível mais baixo quando vamos nos deitar e se acumula durante a noite, sendo alto pela manhã e vai diminuindo ao longo do dia, subindo levemente depois de cada refeição.

Sendo assim, você pode até preferir fazer as coisas no seu horário, mas se você se basear no funcionamento natural do corpo, isso pode facilitar a execução e potencializar seu foco e resultados para uma saúde melhor.

O que é e como funciona o relógio ayurvédico?

A ayurveda traz um conceito semelhante ao circadiano, mas neste caso, diz que o corpo segue padrões circulares diários e se inspiram muito nos doshas ou humores biológicos.

De maneira geral, essa teoria descreve os horários nos quais são mais recomendados que o corpo e a mente realizem tarefas como dormir, comer, trabalhar, entre outros.

A ayurveda é o ciclo natural que estabelece o elo entre a energia dos doshas e a energia biológica do nosso corpo. Para isso, ele leva em consideração qual o tipo de energia é mais predominante em determinado horário e divide nosso dia em 3 ciclos de 4 horas cada, passando por eles duas vezes ao dia.

Os horários dos ciclos são:

  • Kapha: 06h às 10h e 18h às 22h;
  • Pitta: 10h às 14h e 22h às 02h.
  • Vata: 02h às 06h e 14h às 18h.

relógio ayurveda

Exemplo de relógio ayurveda

Segundo essa teoria, quanto mais alinhadas estiverem nossas tarefas e afazeres com os ritmos da natureza, maior será o resultado que vamos conquistar no nosso dia a dia.

Agora vamos abordar como funciona cada um desses doshas desse ciclo natural:

Relógio Ayurvédico: Kapha – Elementos Água + Terra

Este dosha é constituído por água e terra, elementos que são mais pesados. É comum notar as energias mais lentas e densas durante as horas de predominância do Kapha.

Relógio Ayurvédico: Pitta – Elemento Fogo + Água

Com a energia Pitta e seus elementos, tanto a mente quanto a digestão estão em foco e estimuladas. 

Relógio Ayurvédico: Vata – Elemento Éter + Ar

No caso do Vata, com qualidades de ar e éter, é hora dos reflexos rápidos e pensamentos ágeis.

O dia Ayurvédico

  • Entre 6h e 10h da manhã, a mente e o corpo ainda estão despertando com o surgimento da luz e precisam de um choque de exercícios, de meditação e de alimento para se sincronizar com o novo dia. Ao equilibrá-la, a energia kapha deixa de ser entorpecida e se torna firme e calma para seu trabalho matutino.
  • Entre 10h e 14h, No primeiro período do Pitta, o nosso corpo possui mais bile para realizar a digestão dos alimentos. Portanto, é indicado realizar a nossa maior refeição. É também um bom momento para o trabalho mais intenso. Seu corpo não precisa de exercícios nesse horário porque você já está bem acordado.
  • Entre 14h e 18h é um período de reflexos rápidos e pensamento ágil e auxilia na criatividade. É importante notar que seu corpo responderá aos estímulos já iniciados para regular o corpo: se você não fez atividade física pela manhã e não se alimentou bem anteriormente, essa energia leve e rápida pode se transformar em tremores, ansiedade e falta de concentração. Ao final da tarde, a energia vem em ondas e é importante se manter hidratado e minimizar distrações.
  • Entre às 18h e 22h, acontece a transição do pensamento rápido e fácil para algo mais firme (Kapha), e o corpo começa a se preparar para dormir, enquanto o sol se põe. É recomendável fazer uma refeição leve no início do período e fazer atividades relaxantes para estar pronto para dormir ao final do período. Apesar da energia mais estável, não é recomendado trabalhar nesse período para não sobrecarregar o seu corpo e não conseguir dormir.
  • Entre 22h às 2h é indicado estar dormindo, pois é o momento em que o corpo realiza a desintoxicação integral e natural de todos os acontecimentos do dia, é a melhor hora para alcançar o sono profundo. A energia pitta, com fogo e água, é utilizada de outra forma nesse momento: o cérebro quer gerar ciclos de sono mais profundos e fazer a devida digestão. Dormir no início desse ciclo fará a energia pitta trabalhar ao seu favor, caso contrário, é provável que só terá sono ao final desse ciclo e prejudicará seu corpo, sem tempo suficiente para se recompor para o outro dia.
  • Entre 2h e 6h é o momento no qual o sistema nervoso começa a se reparar e começa ser ativado. O sono fica mais leve e os sonhos mais vivos. É mais fácil acordar de manhã antes das 6h do que depois das 6h, quando a energia kapha volta a predominar.   

Dicas para viver e trabalhar de acordo com os ciclos naturais

Agora que você já sabe o que é um ciclo circadiano e ayurvédico funcionam, vou abordar algumas dicas para você conseguir render mais de acordo com o que a natureza nos auxilia:

  • tente dormir cedo, no máximo até às 22h30, afinal, ter o ciclo completo do sono auxilia na reestruturação da força muscular, do sistema nervoso e ainda aumenta a imunidade;
  • siga o ciclo circadiano, utilize a força da natureza a seu favor;
  • tente se exercitar todos os dias, isso vai permitir que você ajuste seu corpo e fique mais conectado com seus próprios ritmos para uma melhor performance;
  • procure se manter relaxado ao comer, a digestão é um processo natural e caso você se estresse nesse momento, também irá estressar a digestão;
  • sempre que puder, coma os alimentos da época do ano e do local que você está. Afinal de contas, eles também estão seguindo o ritmo natural dos seus ciclos.

Se você quer saber um pouco mais sobre esse assunto, eu sugiro mais uma vez a leitura do livro “Mude seus horários, mude sua vida”.

Lá você terá um panorama completo sobre os diferentes tipos de ciclos naturais que você pode seguir e como a natureza interfere na nossa produtividade.

Como você pode ter notado, é muito importante compreender melhor como podemos melhorar nossa produtividade. Inclusive, esse é um dos assuntos que eu mais estudei ao longo da minha carreira.

Para conferir mais de perto as minhas conclusões sobre planejamento diário conforme os ciclos naturais do corpo humano, acesse meu site e conheça meus serviços agora mesmo!

marília cordeiro

Criadora de conteúdo e da metodologia Organização Sincera.

Desde 2018 eu facilito a vida de pessoas e empresas com um workflow simples e empático de gestão do tempo.

2 respostas em “Como criar um planejamento diário conforme os ciclos naturais do corpo humano?”

Os comentários estão desativados.

receba dicas sinceras e práticas de produtividade em seu email

Na medida certa. 
100% privacidade.Sem Spam.

sobre marília cordeiro

Desde 2018 trabalho especificamente com produtividade, trabalho remoto e empreendedorismo. Aqui no blog, compartilho conteúdos mais completos, conceitos relevantes e reflexões para levar para você e sua equipe dicas práticas para o dia a dia. Aproveite para aumentar seu conhecimento e se inscreva para receber as novidades!

Leia mais sobre mim.

categorias

preparado para transformar a produtividade da sua empresa?